Conheça um pouco mais
sobre o Opcenter APS

Conheça as dúvidas mais frequentes sobre o Opcenter APS e suas funcionalidades. Caso sua dúvida não esteja nessa lista, fique a vontade para nos escrever pelo e-mail: comercial@tecmaran.com.br

  • Tem integração com ERP e outros Sistemas?
    - O Opcenter APS se integra por troca de arquivo texto ou consulta em visualizações SQL. Para qualquer ERP e também SAP Business One.
    - No caso das outras versões do SAP, a Tecmaran possui o conector SAP que lê as RFCs e disponibiliza os dados para o Opcenter APS consumir. Da mesma forma o conector busca as informações do Opcenter APS e disponibiliza para consumo das RFCs que vão inserir os dados no SAP.
  • Considera restrições operacionais como mão de obra, materiais e outros?
    - Por ser um software APS, por definição ele é um software que considera a capacidade finita do sistema. Tanto o Opcenter Planning quanto o Opcenter Scheduling, consideram restrições operacionais que limitam a produção no dia a dia.
    - Essas restrições podem ser: disponibilidade de mão de obra geral ou por habilidade, disponibilidade de ferramental, molde, materiais, espaço físico, capacidade de armazenagem, tamanho de forno para tratamento térmico, entre outros elementos.
  • Prioriza Ordens de Produção por cliente, cobertura de estoque e outros?
    - O Opcenter Scheduling prioriza Ordens de Produção em função de várias características: data de entrega, criticidade de estoque, margem de contribuição, cor, sabor, tamanho, composição química, tamanho de embalagem, tipo de ordem (consulta ou cotação comercial, venda firme, ordem pra estoque, etc).
    - O Opcenter Scheduling possui mais de 10 algoritmos onde o PCP pode usar uma ou mais regras, combinando-as e aplicando em diferentes horizontes.
  • Gera Ordens de Produção?
    - Sim, o Opcenter Planning gera ordens de produção automaticamente tanto para produtos acabados quanto para semi acabados de diversos níveis.
    - Para isso é preciso ter cadastrado no Opcenter APS o correto roteiro de fabricação, tempo padrão/taxa de produção por operação, lista técnica (estrutura do produto), máquinas e equipamentos alternativos, entre outros cadastros.
    - As ordens de produção são geradas após o PCP criar e comparar diversos cenários. Ao escolher o cenário que melhor traz resultado então é acionada a funcionalidade de gerar ordens.
    - As ordens são geradas considerando estoques atuais, ordens firmes e liberadas para produção, tamanho de lote máximo, lote mínimo e múltiplo, regras e necessidades de arredondamento.
  • Gera Ordens de Compra?
    - Gera necessidade líquida de compra de materiais por período (dia, semana ou mês) considerando lead time, tamanhos de lote, custo, estoque atual, recebimentos futuros entre outros parâmetros.
    - Essa sugestão de compra pode ser firmada no ERP pelo time de compras ou ajustada conforme alguma negociação feita com fornecedores.
    - Nenhuma aplicação real do Opcenter APS integrado a ERP, gera ordens de compra automaticamente, pois o time de compras entra em ação para negociações, redução de lead time, agregação de quantidades, agrupa materiais que não foram sugeridos para reduzir custo, entre outros pontos.
    - Dentro da funcionalidade de Explodir Materiais é possível considerar também outros pontos importantes como fornecedores alternativos e seus respectivos lead times, custos e tamanhos de lote.
    - Também é possível parametrizar o Opcenter APS para sugerir consumo ou compra de materiais alternativos, caso o material padrão esteja com projeção de falta.
  • Prioriza máquinas eficientes? É possível cadastrar rota alternativa e terceirização?
    - Sim, é possível considerar no Opcenter APS máquinas prioritárias por diversos fatores: eficiência, taxa de produção, localização, entre outros.
    - Também é possível atribuir máquinas e rotas alternativas de produção.
    - Além disso, o Opcenter APs permite que seja inserido empresas terceiras que executam parte do processo produtivo, como: fundição, costura, pintura, usinagem, montagem, tratamento térmico, acabamento e qualquer que seja a etapa de produção. Esse recurso terceirizado pode ser considerado como um recurso com capacidade limitada ou não, e também pode ser considerado em função de um lead time.
  • Lista técnica (BoM) alternativa e sugestão de compra de itens alternativos?
    - Sim, o Opcenter APS considera lista técnica alternativa (BoM alternativa) e também considera validade de consumo de certos materiais, como troca de embalagem ou materiais de consumo.
    - É possível cadastrar uma lista padrão e os materiais alternativos em função de cada material padrão. Assim, o Opcenter APS irá sugerir consumo de itens alternativos quando não houver mais estoque dos itens padrões.
    - Também pode ser considerado a substituição de materiais e embalagens por data, por exemplo, uma embalagem de 200g será usada até uma certa data e em seguida será usada a embalagem de 180g.
    - Outra possibilidade e garantir o consumo de um certo material por questões de validade, ou seja, o Opcenter APS busca consumir primeiro os materiais que estão mais próximos de vencer.
  • Algoritmo de otimização de setup?
    - O Opcenter APS possui algoritmo de otimização de setup, onde ele busca agrupar itens de acordo com uma matriz de setup para ter o menor tempo de parada de máquina possível.
    - Também é possível aplicar um horizonte de otimização, onde pode ser definido que a otimização será aplicada para um período de 7, 15, 30 ou mais dias.
  • Considera restrição de sequência de produção, por exemplo produto A nunca depois do produto B?
    - Sim, é possível considerar restrição de sequência em função de diferentes atributos: cor, materiais alergênicos, dureza do material, tamanho, composição química, grau de aço, temperaturas, entre outros.
    - Ou seja, pode ser configurado que o produto A nunca pode ser sequenciado após o produto B, pois o B possui impurezas que podem contaminar ou prejudicar a qualidade do A.
    - O Opcenter APS também alerta caso o analista de PCP tente manualmente criar uma sequência não ideal. Esse alerta não impede que o sequenciamento seja feito, essa decisão é do analista de PCP.
  • Considera uma Sequência Preferida de Produção?
    - Sim, é possível parametrizar a sequência ideal de produção no Opcenter APS em função de vários atributos, como cor, sabor, tamanho de embalagem, família de produto, entre outros.
    - Dessa forma, o Opcenter APS irá sequenciar respeitando essa preferência de sequência de produção.
  • Como funciona o Suporte no uso do Opcenter APS?
    - O suporte é oferecido pela TECMARAN, de acordo com Nível de Serviço Acordado (SLA Service Level Agreement).
    - Os chamados são criados e gerenciados por uma plataforma online e através de aplicativo mobile.
    - Além de suporte, a empresa pode solicitar treinamentos de reciclagem, visitas de diagnóstico de uso e muito mais.
    - Também podem ser feitas melhorias na solução dentro do contrato de suporte.
  • Quais são as etapas de implantação e o prazo médio?
    - São 5 etapas: Preparação e Planejamento; Especificação Básica e Levantamento de Dados Iniciais; Desenvolvimentos e Testes Unitários; Homologação; Go Live e Operação Assistida;
    - Em média os projetos duram de 2 a 6 meses, mas depende do grau de complexidade.
    - Além disso, o cronograma pode aumentar e atrasar em função de fatores que fogem do controle da TECMARAN, como ausência permanente ou temporária de membros da equipe da empresa, demora na disponibilização dos dados do ERP, atraso nos testes e validações por parte da empresa, além de forças maiores como greves e outros fatores.
  • Quais são os fatores críticos de sucesso e riscos do projeto?
    - Os fatores de sucesso são: dedicação da equipe de PCP e TI, e qualidade e disponibilização dos dados necessários para o projeto.
    - Os riscos são: ausência permanente ou temporária de membros da equipe da empresa, demora na disponibilização dos dados do ERP, atraso nos testes e validações por parte da empresa, além de forças maiores como greves e outros fatores.
  • Como saber se minha empresa está preparada para receber o Opcenter APS?
    - Primeiramente para receber o Opcenter APS, ou qualquer outra solução APS, a empresa precisa ter os dados bem estruturados e disponíveis no ERP, em arquivo texto/excel ou outros sistemas.
    - Esses dados necessários vão desde a previsão de demanda, roteiro de fabricação, política de estoque, recebimentos de materiais, até apontamento.
    - Para saber qual a maturidade da sua empresa entre em contato conosco: comercial@tecmaran.com.br
  • Quanto custa em média um projeto?
    - O investimento no Opcenter APS pode variar muito em função de alguns fatores: quantidade de licenças, tipo de licenciamento (assinatura anual ou aquisição permanente), serviço de implantação e manutenção e suporte anual.
    - É possível informar uma faixa de investimento para as empresas, mas para isso precisamos de algumas informações sobre o processo de produção e processo de PCP.
    - Para receber uma estimativa de investimento nos envie um email: comercial@tecmaran.com.br
  • O licenciamento é por usuário?
    - Em geral, sim. A quantidade de licenças do Opcenter APS a serem usadas é igual a quantidade de analistas de PCP que fazem o planejamento da produção/materiais e a programação das ordens de produção.
    - Para exemplificar, considere uma fábrica de medicamentos, cosmético ou de laticínios. Em geral existe um programador das linhas de produto acabado e um programador das linhas de semi acabado. Em geral, cada programador terá uma planilha para fazer a programação da área destinada a ele. Com o Opcenter APS, pode ser considerado da mesma forma, um modelo para programar a área de Acabados e outro modelo para programar a área de Semiacabados.
    - Em alguns casos é possível considerar menos licenças do que o número de analistas de PCP. Nesses casos, é importante saber que a licença é concorrente, ou seja, se uma pessoa estiver usando o modelo de programação da Área 01, o programador da Área 02 não consegue abrir o modelo dele.
    - Existem diferentes estratégias de implantação do Opcenter APS, que podem inclusive melhorar o uso dos analistas de PCP.
  • Aplicação desktop ou web?
    - O Opcenter APS é uma aplicação desktop, que pode ser instalada em um servidor de aplicação virtual.
    - Está previsto no roadmap a versão cloud, mas ainda não tem data marcada.
Solicite Demonstração